Este blog, fiz com muito carinho, para fazer homenagem aos meus amigos poetas, e também outras mensagens de otimismo, humor e reflexão, espero que gostem.

24 de mar de 2010

ORQUIDEAS


Flor delicada como a música contemporânea.
Mil viagens em um ponto de partida! Pele macia
Linhas incorretas tomam conta de mim e da flor
Passos irracional me leva ao seu perfume.

Cores e mais cores no universo colorido do meu eu
Versos inacabados terminam em retas oblíquas.
Rosas, violetas e brancas são as graças da natureza.
Palavras sensatas e irreverentes! Rituais atravessados.

Águas calmas! Planta na curva do rio que corre para lá.
Vejo a transparência! Tez de uma flor encoberta pela luz.
Rasgos de cristais me dão vontade de colher sua beleza.
Eu te olho quando passo! Observo sua nuance multicor.

Cai à noite! Orquídeas que dormem me fazem pensar.
Contemplo a natureza nesse momento de graça.
A música contorna seus movimentos graciosos pelo ar.
Vejo seu crescimento nas grandezas estrelar...

Vem o dia, vem o mistério e o crescimento das flores.
Acordes de um violeiro que acorda as vidas que vejo lá fora.
Música dedilhada, flores regadas ao sabor do vento.
Vem a chuva e o cheiro do mato que me seduz aqui.

Outono, verão! Calor em demasia é a maresia.
Ribanceira florida de cores! Swing na lateral da luz.
Canto a primavera surreal e sorrio para esse universo.
Faço-te poesias no azul e oferto estes versos aleatórios.

SORAIA


Barrinha MaynaBaby

UNIVERSOS PARALELOS

Universos distintos, equilíbrios ponderados e espelhados,
Uma mulher sutil e irreverente! Seu espaço é conciso.
Suas palavras seguras e diretas têm coerências harmônicas.
Um compasso repassado à uma critica qualquer.

Verdade paralela encoberta pelo meio! Pelo tempo.
Frases proferidas apenas por uma mulher refinada.
Leis profanas! Versos insanos quase sem controles.
Irreverência registrada ao expor seus pensamentos.

Dedico-lhe frases soltas! Solto ao vento e te invento.
Reflexo de um espelho lúcido ponderado e simétrico.
Desenvolta! Absorta em seu espaço, ela encanta.
O mundo inteiro cabe em tuas mãos! O mundo inteiro.

Gosto pelo belo usa sua diplomacia ética adequadamente.
Inteligente e habilidosa conquista o universo ilusionista.
Demonstra com agilidade o avesso dos seus momentos.
Moça clássica que ultrapassa fronteiras do irracional.

Usa a lógica entre o seu dois mundos! Mente judiciosa.
Pondero suas palavras no limite da sensatez! Sua tez.
Revejo-a em silencio admirando suas atitudes iluminadas.
Refaço essa estrofe, e entrego-lhe em forma de um poema.

Poemas tirados da sua sensibilidade ao entrar em algum lugar.
Passos seguros e retos, vão de encontro ao imaginário.
Soluções passionais feito por um ser equilibrado e doce.
Reverencio sua tendência ao opinar sobre seu universo real.

Assim a vejo como mulher, contraste etéreo e espontâneo.
Iluminada e observada por muitos! Sua referencia autônoma.
Então, torno inseri-la em sutilezas e altero seu estado atual.
Coloco-a em um patamar mais elevado! Coloco-a assim.

Soraia


Barrinha MaynaBaby